Atualidade e ineditismo

 

Thaïs de Mendonça Jorge*

 

Esta edição da revista Darcy traz na capa um dos assuntos do momento: a questão das migrações. A reportagem assinada pela repórter Thaíse Torres não se limita a falar da chegada de estrangeiros ao Brasil, mas demonstra, com muitos dados, como a UnB contribui para o estudo deste complexo problema. A edição de capa e as páginas que compõem a matéria contaram com o primoroso trabalho do designer Igor Outeiral, que – com a participação de Thaíse – compôs o mosaico representativo dos vários povos que habitam nossa terra e enriquecem a Universidade de Brasília com sua presença, costumes e cultura.

 

Com igual importância, a Darcy apresenta um ensaio inédito do premiado fotógrafo Luis Humberto, professor emérito da Faculdade de Comunicação. Organizada por Rinaldo Morelli, a seleção de 19 fotos mostra detalhes de uma vida cotidiana sob o olhar atento e agudo de quem dedicou toda a trajetória a registrar a realidade. Luis Humberto se revela nos óculos deixados sobre a mesa, na luz que entra por uma fresta, no grafismo do banheiro, em sombras nas janelas e nas paisagens da UnB.


No mesmo nível de atualidade, a reportagem de Nair Rabelo sobre suicídio é um sensível depoimento e uma delicada forma de abordar este tema que tanto nos incomoda, não deixando de colocar o ponto de vista dos pesquisadores da Universidade de Brasília.


Os artigos e as colunas da Darcy – Arqueologia de uma ideia, Última flor, O que eu criei para você, Resenhas –, mais as reportagens sobre educação quilombola; vestibular indígena; Lago Paranoá; um sapo da Patagônia; jogos como recurso de aprendizagem; técnica de fertilização com rochas; vegetação antártica, tornam este número da revista bastante denso em termos de oferta de assuntos. Coroa esta oferta um tema atual que tangencia a tecnologia e a área acadêmica: na coluna Conexões, os memes, este fenômeno da internet que se transformou num modo brasileiro de criticar.


A entrevista especial da edição – feita pela repórter Serena Veloso – é com o professor Edgar Merchán-Hamann. Trata de aids e contém um grave alerta sobre a situação dos jovens em relação a essa doença.


Agradeço ao professor Sérgio de Sá, meu antecessor na Secretaria de Comunicação (Secom), por ter deflagrado o processo deste número 17 da Darcy, e pela ajuda na edição; e a Carol Vicentin, pela boa vontade em colaborar.


Em nome da equipe da Secom, desejo a todos uma boa leitura!.

 

 

* Editora-chefe da Darcy, professora da Faculdade de Comunicação (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.)